“Pichação” do bem

Está aí um tipo de “pichação” que gostaríamos ver multiplicada nas paredes de nossas cidades.

No lugar de spray, o cidadão utilizou pano limpo e água para retirar parte da sujeira jogada pelos escapamentos dos veículos automotores, e deixar uma mensagem na parede do viaduto Aprígio Vilela, no bairro do Farol.

Aprigio Vilela

 

Nascido em Maceió-AL, Brasil | 33 anos Arquiteto/Urbanista | mestre em planejamento para o desenvolvimento local | especialista em mobilidade urbana | Time do coração: CRB-AL

Comente:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *